sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

O DESPUDOR SECTÁRIO DE VEJA.

Em A Hora da Estrela, Clarice Lispector nos mostra toda simplicidade e ingenuidade de uma nordestina interiorana solta na selva de pedra do Rio de Janeiro à mercê de todo tipo de crueldade humana. Macabéa, a personagem, nem sabe ao certo se é triste ou feliz. Sem parâmetros para sequer saber distinguir o que é bom e o que é ruim seus momentos de felicidade estão em poder ficar sozinha no quarto que divide com outras mulheres, tomar coca-cola com pão ou beber um café, um luxo que ela paga tendo azia logo em seguida.

Que a revista Veja, a Folha de São Paulo, a Globo e grande parte de nossa mídia é cruel e sectária a maioria de nós sabe bem. Na cabeça dessas pessoas não pensar como eles significa ser ignorante, imbecil, enfim, uma ralé intelectual que deveria ser varrida do país. Por mais que os números mostrem e comprovem que nosso país não é eleitoralmente dividido em classes, essas pessoas continuam a espalhar estereótipos e alimentar ódios e separatismos dentro da nossa sociedade. Prestam, assim, um imenso desfavor ao nosso país.

Em meio às manifestações sobre a recente publicação do jornalista Amaury Ribeiro Jr, deparei-me, quase que por acaso, com esse vídeo que coloco abaixo. Clarice Lispector poderia ter tirado sua Macabéa deste teatro de horrores patrocinado pela Revista Veja. Não obstante todos aqueles que se julgam superiores, espertos, inteligentes e descolados e que massacram a personagem sem que ela se dê conta do que está sendo feito com ela, podem ser encarnados pelo jornalista de VEJA.

Há muito tempo não vejo nada tão cruel e tão definitivo sobre o que, de fato, move nossa elite e que sentimentos essas pessoas fermentam dentro de si. Este vídeo pode ser interpretado de algumas formas e algumas verdades saem dele, as mais flagrantes, ao meu ver, são duas: 1- Todos que não fundamentam suas idéias sócio-políticas e culturais nas mesmas bases dessas pessoas são por elas consideradas pobres Macabéas. 2- Realmente a palavra "escrúpulo" deveria ser removida dos dicionários que habitam a Editora Abril.

No vídeo, assim como no livro, temos basicamente dois personagens: Macabéa ou Neli Santos Ferreira e o jornalista que no livro pode ser representado por qualquer um dos personagens que massacram a mulher sem que a mesma perceba a violência que está sofrendo. Vejam abaixo esse circo de horrores.
 A pergunta que o leitor de Clarice Lispector se faz o tempo ao ler a referida obra não poderia vir mais a calhar: quem, de fato, é o imbecil, o idiota, o manipulado e o pobre coitado do vídeo?

16 comentários:

  1. Que absurdo, chega a ser vergonhoso o uso das pessoas dessa forma. Puro desespero da elite batida do Brasil. Esse vídeo e a cobertura sobre o livro do Amaury representam o total desespero da elite.

    ResponderExcluir
  2. Lendo suas considerações, aliás pra lá de procedentes, decidi tornar-me seu (fiel) seguidor, tendo recebido a senha 26.
    Assim sendo, nos termos dos direitos assentados no Estatuto dos Seguidores de Blogs, requeiro o que segue:
    1. O Razão por Opção tem algum Programa de Fidelidade que me proporcione. por exemplo, a cada 100 visitas, descontos em livrarias ou em vinotecas?
    2. Em não havendo tal Programa, não rola um brindezinho básico, uma canetinha ou uma agendazinha feita de papel reciclado ou, melhor ainda,algum produto típico aí das Minbas Gerais?

    Nestes Termos,
    Pede e Espera Deferimento

    Paulo Roberto "Cadê Meu Brinde?" Cequinel
    The Follower Ornitorrinco Corporation

    ResponderExcluir
  3. Paulo Roberto Cequinel, se você disponibilizar o seu endereço,te mando de presente um livro: e vou mandar um exemplar do maior sucesso editorial do momento "A privataria tucana".

    ResponderExcluir
  4. CODONAUTA - Obrigado pelo toque viu ? Valeu mesmo.

    ResponderExcluir
  5. Covarde, elitista e preconceituoso.
    Espero que os filhos desse ser cresçam com amor no coração.

    ResponderExcluir
  6. O vídeo demonstra que o eleitor menos informado está ao lado de Lula em qualquer circunstância, que o eleitor menos informado não acredita que o Lula fez coalizões com políticos corruptos e que não é preciso cultura nem estudo para se governar um país.

    E isso é novidade pra quem?

    ResponderExcluir
  7. Caro Roberto

    O vídeo tenta sim passar a idéia de que os eleitores de Lula são simplórios, ignorantes, alienados e sem estudo. Na cabeça de nossa elite e da mídia que a sustenta essas pessoas nem sequer deveriam votar. ELES NÃO SÃO MUITO CHEGADOS EM DEMOCRACIA NÃO. Simples assim. A minha revolta na verdade é contra duas coisas muito sérias: 1- estereotipar quem não pensa como eles, não votam como eles como ignorantes, esquecendo-se, por exemplo, de que a classe intelectual brasileira em sua maioria apoiou a candidatura de Dilma à presidência. 2- Na minha opinião faltaram sim com o respeito a essa mulher na medida em que a tratam como um animal exótico, com ironia e sarcasmo. TEM MUITA GENTE CAPAZ DE SER ENTREVISTADA POR ESSE SENHOR, GENTE COM GRADUAÇÃO, MESTRADO, DOUTORADO, ARTISTAS, ESCRITORES, ENFIM, MUITAS PESSOAS QUE SABERÃO EXPLICAR EXATAMENTE SEUS PORQUÊS E QUE SABERÃO SE DEFENDER DE UMA COVARDIA TAMANHA.

    PARA VER O QUE ESSE TIPO DE MÍDIA PROVOCA NAS PESSOAS BASTA VEREM, NO YOUTUBE, O TIPO DE REAÇÃO QUE ELE PROVOCA, VEJAM OS COMENTÁRIOS ABAIXO DA TELA. ESSES SIM, SÃO DIGNOS DE DÓ.

    ResponderExcluir
  8. Esta entrevista foi feita da seguinte maneira: jornalista inescrupuloso e uma brasileira. Só que esta brasileira a profissão não é a que diz. Ela é uma atriz contratada. Percebam como ela responde de bate-pronto. Não gagueja. Não se intimida. Não se sente constrangida. Não se sente envergonhada diante entrevistador, nem diante das câmeras. É essa mídia que constantemente manipula nossa razão.

    ResponderExcluir
  9. Oi EDSON

    Claro que pensei nisso tb. SÓ QUE ISSO NÃO MUDA NADA, NENHUMA LINHA DO QUE ESCREVI, percebe ? Se for mesmo armado não altera em nada a agressão, pois pessoas assim existem e tem o direito de votar e pensar como elas quiserem. Isso também não quer dizer que todos que votam no PT sejam assim.

    ResponderExcluir
  10. Não sei se serve de alguma coisa, mas sou graduado e pós graduado, votei sempre em Lula e votarei de novo, se for o caso.

    Simplesmente porque eu gostaria que todos tivessem as oportunidades que eu tive.

    ResponderExcluir
  11. Veja sempre foi lixo !!! Um dia essa merda fecha as portas ! Quero viver para testemunhar este fato !

    ResponderExcluir
  12. Isto é uma entrevista totalmente dirigida, armada... não tem nem espontaneidade, parece que a mulher decorou tudo o que tinha que dizer... acho que a VEJA pensa que o povo é idiota...

    ResponderExcluir
  13. nao vi violencia nenhuma na reportagem, simplesmente o cara pergunta sem ofender, a questao é que o povo é totalmente alienado pelo governo e a Veja simplesmente mostrou que o povo apesar de ganhar uma miseria e 20 reais de bolsa familia AMA o governo, ou seja escabroso é o que acontece no Brasil

    ResponderExcluir
  14. Não viu violência alguma pq o alienado é vc. Primeiro o bolsa família não é 20,00 e sim 70,00, segundo a família ama Lula e Dilma pq estes tiveram respeito e consideração por seu povo e terceiro os ingleses consideraram a VEJA uma revista de fofocas.Sugiro ao senhor outras leituras mais hosnestas jornalisticamente para que não venhas a escrever impropérios

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredito que você não entendeu o meu texto. Não mesmo.

      Excluir